FANDOM


Roberto Munhoz
Roberto "Mun Hoz"
Informações Biográficas
Nome Completo
Roberto Luis Munhoz Silva
Nascimento
21 de dezembro de 1966 (53 anos)
Nacionalidade
Bandeira do Brasil Brasileiro
Família
Rosana Munhoz † (irmã; nascida em 1963)
Carreira e Trabalhos
Profissão(ões) e Ocupação
Roteirista e Desenhista
Trabalhos na Turma da Mônica
Roteiristas das Histórias em Quadrinhos
Período em Atividade
1988-presente

Mun Hoz é o nome artístico de Roberto Luis Munhoz Silva, um desenhista e roteirista de histórias em quadrinhos e criador de conteúdo infanto-juvenil exclusivo para diversas obras, empresas, personalidades e autores brasileiros. Nasceu em 21 de dezembro de 1966, em São Paulo, capital.

Roberto Munhoz é irmão três anos mais novo de Rosana Munhoz, consagrada desenhista e roteirista que produziu centenas de obras para a Turma da Mônica nos anos 80 e 90, considerada uma das mais importantes artistas que passou pelos Estúdios Mauricio de Sousa. Rosana nos deixou precocemente, em 1996, vítima de um acidente quando praticava rafting entre os Estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais

História

Início de carreira

Roberto Munhoz iniciou a carreira artística em 1985 como assistente de animação no estúdio Thalia Filmes, produzindo desenhos animados para Hanna Barbera (Snorks) e Marvel & DC (Little Clowns of Happytown). Foi contratado pela Signo Art do empresário Ruy Perotti como artista colaborador na produção dos desenhos animados 'As Viagens de Variguinho pelo Brasil', ao lado de Guilherme Alvernaz. Também pela Signo Art produziu seus primeiros roteiros profissionais para histórias em quadrinhos para as revistas do Top Cat (Manda Chuva) e Scooby-Doo (Scubidu), de Hanna-Barbera, ambos publicados pela Editora Cedibra. Foi contratado pela Editora Globo para produzir os roteiros das revistas da Xuxa, Paquitas, Chaves e Chapolim.

Trabalhando na MSP

Em 1988 realizou um estágio como roteirista nos Estúdios Mauricio de Sousa Produções, escrevendo histórias para as personagens da Turma da Mônica. De forma autônoma, lançou pela Abril-Panini o álbum de figurinhas Vampirando, como co-autor.

Em 1992 foi co-autor do Sapo Xulé, transformado em boneco de vinil pela Tec Toy em 1993, brinquedo que tornou-se um enorme sucesso de vendas, originando uma linha de games para master-system e mini-games baseada na personagem.

Em 1993, fundou em sociedade a Editora Bingo, especializada na criação de personagens para empresas, onde ocupou o cargo de editor chefe do jornal mensal infantil Kidnews, voltado aos quadrinhos, entretenimento e educação. Nesta função, criou dezenas de personagens para histórias publicitárias e institucionais, dos quais podem ser citados: Bicano, o tucano da BIC; Reacher, o surfista galáctico das escovas Reacher Magic Grip, da Johnson & Johnson; Lectric, o vagalume da Panasonic; Bus, o ônibus da Mercedes Benz do Brasil; mini gibis do Toddynho, da Quaker; Compi Carinhas, dos brinquedos Estrela; entre outros.

Perca

Em 1996, após sua irmã Rosana sofrer um acidente fatal, desligou-se da sociedade na Editora Bingo, afastou-se momentaneamente das atividades ligadas aos quadrinhos e dedicou-se a publicidade até o ano de 2004. Viajou pelo nordeste neste período, residiu em Fortaleza e Salvador, onde produziu os personagens Tot's para a empresa M. Dias Branco, Padeirinho para a Pão de Forno, Dr. e Dra. Unimed e seu Pinheirinho falante, mascotes da Unimed Fortaleza.

Em 2005, atendendo a um convite da Editora Globo, produziu roteiros para as revistas do Menino Maluquinho e Julieta, personagens de Ziraldo, além de participar do projeto piloto das histórias em quadrinhos do Sítio do Picapau Amarelo, para a mesma editora.

Em 2006 retornou aos Estúdios Mauricio de Sousa Produções como roteirista, onde permanece atuando na produção de histórias para a Turma da Mônica. Até o ano de 2016 produziu para a MSP: 45 histórias de abertura para a revista Ronaldinho Gaúcho - das quais 24 foram adaptadas para a série de desenhos animados Ronaldinho Gaucho 's Team, produzidas pela GIG Itália em parceria com a MSP e lançadas em 2010 na MIP COM e MIP JR em Cannes, na França -; 28 histórias de abertura para as revistas da Turma da Mônica; e 10 histórias de abertura para a revista Neymar Jr., além de centenas de histórias de miolo para estas revistas.

Em 2009 foi vencedor do concurso literário Histórias Reais de Homens Reais, patrocinado pela Kildare', com o conto 'De tanto rabiscar escreveu a própria história'.

Em 2012 participou do livro Ouro da Casa MSP como artista convidado.

Desde 2013 é colaborador do projeto de Difusão Literária do SESI/FIESP, onde desenvolve oficinas e workshops sobre a produção de roteiros de histórias em quadrinhos e desenhos animados profissionais nas unidades SESI no interior paulista e na capital.

Além de colaborar para a obra de Mauricio de Sousa, atende agências de publicidade e escreve roteiros para produtoras de desenhos animado.

Curiosidades

Mundo real
Este artigo é escrito do ponto de vista do mundo real, ou seja, as pessoas e lugares aqui citados não existem no universo da Turma da Mônica.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.