FANDOM


Magali Nº 44
Editora Panini, de Agosto de 2010
Magali, Número 44, da Panini Comics
Informações da Edição
Publicação
Magali, Editora Panini
Data
Agosto de 2010
Preço da Capa
R$ 3,20
Páginas
68
Histórias
Dormindo com os Anjos,
Engatinhando,
A Vingança,
Aquela Prima Distante que Mete Medo!,
Esconde-Esconde,
Grandes Ideias... Péssimas Invenções!,
Ei! O Rango é Só Meu!
Informações de Produção
Redação
Mauricio de Sousa, Marina Takeda e Sousa, André Simas, Edson Luís Itaborahy, Emerson B. de Abreu, Felipe C. Ribeiro, Flávio T. de Jesus, Gerson L. B. Teixeira, João Marcos P. Mendonça, Lancast Mota, Marcelo Barreto de Lacerda, Paulo R. Back, Roberto Munhoz e Robson B. Lacerda.
Desenho
Altino O. Lobo, Carlos A. Pereira, Denis Y. Oyafuso, Emy T. Y. Acosta, Enrique Valdez, Fernando Luís Campos, Gustavo B. Regina, José Aparecido Cavalcante, Lino Paes, Olga M. Ogasawara, Ricardo Roásio, Roberto M. Pereira, Sidnei L. Salustre e Wellington Dias.
Arte-Final
Clarisse Hirabayashi, Cristiane Colheado, Cristina H. Ando, Fábio Asada, Jaime Podavin, Kazuo Yamassake, Lilian A. Almeida, Marcos Fernando Silva, Patrícia L. Zaccarias, Reginaldo S. Almeida, Rudinei C. Acosta, Sérgio T. Graciano, Tatiana M. Santos, Viviane Yamabuchi e Wagner Bonilla.
Ilustrações
Camila Fernandes, Mauro Souza e Zazo Aguiar.
Letras
Carlos Kina e Eliza T. K. B. Lacerda.
Acabamento
A. Mauricio Sousa Neto e Antônio R. F. Guedes.
Cor
Andréia Moreira Furutani, Miriam S. Tominaga e Sandra Yamassake.
Layout de Passatempos
Maria Amélia Gomes
Assistentes de Arte
Adriano Nunes de Souza, Alexandro de Souza, Carlos Vagner Furlan, Guilherme Macedo, Kaio Renato Bruder, Reginaldo Graciano, Thompson Eduardo Carrara e Valentino Spada Sousa G. Mello.
Coordenação de Arte
Maria Aparecida Rabello e Maria de Fátima A. Claro.
Planejamento Editorial
Sidney Gusman
Revisão de Textos
Solange M. Lemes
Precedido por
Magali, Número 43, da Panini Comics
Magali Nº 43
(Julho de 2010)
Sucedido por
Magali, Número 45, da Panini Comics
Magali Nº 45
(Setembro de 2010)

Capa Editar

Dudu e Magali subindo por uma escada até a nuvem do Anjinho, para poder acordá-lo durante a noite.

Histórias Editar

Dormindo com os Anjos Editar

História de Abertura. Pela noite, a Dona Cecília põe seu filho para dormir, e como de costume, pede para ele "dormir com os anjos", como o Dudu leva tudo ao pé da letra, resolve ir mesmo dormir com os anjos, em especial o Anjinho, já que o conhece muito bem. Chegando lá, Anjinho, relutante, deixa o garoto dormir em sua nuvem, mas como ele ronca muito alto, resolve sair de perto dele. Com o passar do tempo, a Magali acaba acordando com o ronco do primo e resolve subir para saber o que está acontecendo.

Dudu acorda e explica o acontecido, mas percebe que o Anjinho saiu de perto dele e resolve segui-lo. Conforme vão fazendo bagunça pelo caminho, Anjinho, que é o anjo-da-guarda responsável pela Turma, começa a tomar conta dois dois, mas acaba se distanciando quando Dudu abaixa por acidente a túnica do Arcanjo Leonel para ver se os anjos tem gênero. Enquanto se desculpa com os seus superiores do céu, Dudu e Magali continuam a fazer traquinagens, como irritar o São Pedro, e o próprio decide tirar satisfações com Anjinho, que se aproxima dizendo que o Fim do Mundo chegou, pois começa a chover sangue.

Confuso, São Pedro percebe que aquilo não se trata de sangue, e sim de groselha, que a Magali acabou trazendo caso estivesse com fome, e todos começam a observar a bagunça que está ocorrendo na Terra. Posteriormente, após tudo terminado, São Pedro proíbe a entrada das crianças no céu até a segunda ordem, e a do Anjinho também, que termina ficando de castigo por uma semana por não cuidar corretamente dos seus pupilos. Irritado, Anjinho sai do céu, e considera dormir no quarto do Dudu, que acorda seus pais falando que não há um monstro debaixo da sua cama, e sim um anjinho encima dela tão raivoso quanto. Terminando a história.

Personagens (em ordem de aparição):

Engatinhando Editar

História de uma página. A Turma da Mônica Baby começa a engatinhar para chegar em coisas que gosta: a Mônica Baby engatinha para chegar no Sansão, o Cebolinha Baby engatinha para chegar num carrinho de brinquedo, e... no caso da Magali Baby, ela já começa a andar para chegar numa bandeja cheia de frutas, surpreendendo sua mãe. Terminando a história.

Personagens (em ordem de aparição):

A Vingança Editar

História de duas páginas. Magali está no Campinho comendo um lanche, ao observar Cascão se aproximando, Magali, para fazer com que ele não peça um pedaço de sua comida, resolve falar: "Como está, fica!!", para que Cascão ficasse parado e, sucessivamente, não conseguisse pedir. Depois de ser liberado da brincadeira, Cascão, irritado, fala pra Magali a mesma coisa, que ri achando que o Cascão não vai conseguir se vingar, o que ela não sabe é que Mônica e Cebolinha está, ao fundo, se aproximando com guloseimas, e como ela está parada, ela não vai poder pedir para eles um pedaço, enquanto Cascão observa tudo com uma cara maldosa. Terminando a história.

Personagens (em ordem de aparição):

Aquela Prima Distante que Mete Medo! Editar

No Cemitério, Penadinho chama o Zé Vampir para dar as boas-vindas a sua prima, Sissi Sinan, que é do Japão e está chegando de viagem. Zé, entusiasmado com a visitante, se aproxima do poço na qual ela irá sair para a galantear, porém, quando ela chega, fica pasmado: a Sissi é tão espantosa quanto qualquer fantasma do local! Após Zé fugir dali o mais rápido possível, Penadinho e sua prima andam pelo lugar a procura dos amigos, que saem de perto quando Sissi se aproxima.

Quando a Alminha, namorada do Penadinho, chega e vê a aparência da Sissi, resolve dar "uma cara nova" a fantasminha, mudando seu estilo. Sissi, agradecida, se despede e vai embora do Cemitério. Enquanto o casal passeia pelo local, Penadinho fala para a Alminha que ela podia mudar de aparência também. Logo depois, Penadinho é visto escondido com os seus amigos, que perguntam: "E aí, Penadinho? Aquela sua prima que mete medo já foi embora?", e ele responde: "Já! Mas tem coisa muito pior por aí!", mostrando a Alminha, furiosa, á procura dele. Terminando a história.

Personagens (em ordem de aparição):

Esconde-Esconde Editar

História de duas páginas. Dudu é visto passeando por um lugar cheio de comida, procurando alimentos escondidos - como o feijão atrás do arroz, o brócolis embaixo do macarrão, rodelas de tomate debaixo das almôndegas -, no entanto, ao observar com cuidado, Dudu encontra uma azeitona, e depois volta ao mundo real, mostrando que tudo aquilo era uma tentativa frustrada da Dona Cecília de fazer seu filho comer. Mas ela percebe que nem escondendo comidas que ele não gosta dá certo. Terminando a história.

Personagens (em ordem de aparição):

Grandes Ideias... Péssimas Invenções! Editar

História semi-muda. Beleléu passeia pela Aldeia de Lem, e começa a criar invenções com base no que vê das habilidades dos animais jurássicos da região. Ao encontrar um pterodáctilo, criou asas de madeira para voar que nem ele, quando viu um plesiossauro, criou um barco para nadar como ele, no caso do ictiossauro, um submarino para mergulhar como ele, do estegossauro, um carrinho para correr mais rápido do que ele, do gliptodonte, uma furadeira para escavar a terra como ele, e do brontossauro, um elevador para ser tão alto quanto o dinossauro.

No entanto, todas as tentativas acabam falhando, e Beleléu, frustrado, acaba se isolando dentro de uma caverna. Logo, ele começa a pensar um pouco á respeito de tudo que ocorreu, e inicia várias pinturas abstratas de dentro da caverna, mostrando os planos e os acidentes que aconteceu com ele. A partir daí, chega o Piteco e o Bolota, percebendo que, apesar de Beleléu não ter tido sucesso em seus inventos, diante de toda essa situação, conseguiu criar a escrita. Terminando a história.

Personagens (em ordem de aparição):

Ei! O Rango é Só Meu! Editar

História semi-muda. Mingau encontra uma espinha de peixe jogada no chão, e começa a brigar com os outros gatos que querem pegar seu alimento. Até que Magali chega e discute com ele, dizendo que é feio ser egoísta e que ele tem que aprender a dividir sua comida. Logo, ela dá para Mingau uma vasilha de ração, que resolve repartir suas porções para os outros gatos da região, que devora toda a sua comida. Chegando em casa, Mingau percebe dá onde ele aprendeu essa mania de não dividir: com a Magali, que observa Mingau próximo dela, e começa a proteger seu prato com medo dele pegá-lo. Terminando a história.

Personagens (em ordem de aparição):

Tirinha Editar

8455. Cascão e Cebolinha observam um malabarista equilibrando pratos; Franjinha roda um frisbee para o Bidu, que fica olhando; e um pizzaiolo fica girando a massa de uma pizza, que é apreciado pela Magali.

Informações de Produção Editar

Informações de Fundo Editar

Erros Editar

Continuidade Editar

Alusões e Curiosidades Editar

Notas de rodapé Ajuda

  1. 1,0 1,1 1,2 Primeira e única aparição conhecida até à data, incluindo flashbacks.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.