FANDOM


Linha 1: Linha 1:
==Mônica==
+
'''Mônica''' é uma personagem fictícia de histórias em quadrinhos brasileira, criada por [[Mauricio de Sousa]] em 1963[[Arquivo:5310249GG.jpg|thumb]] na tiras de jornais de [[Cebolinha]]. Originalmente como coadjuvante, Mônica logo se tornou a principal personagem de Maurício e passou estrelar sua própria revista em 1970 publicada primeiro pela Editora Abril e atualmente pela Editora Panini. Os personagens de Mauricio de Sousa passaram a ser chamados de Turma da Mônica, tendo-lhe como protagonista na maioria das obras dos Estúdios Mauricio de Sousa.
Mônica é uma personagem fictícia de histórias em quadrinhos brasileira, criada por [[Mauricio de Sousa]] em 1963 na tiras de jornais de [[Cebolinha]]. Originalmente como coadjuvante, Mônica logo se tornou a principal personagem de Maurício e passou estrelar sua própria revista em 1970 publicada primeiro pela Editora Abril e atualmente pela Editora Panini. Os personagens de Mauricio de Sousa passaram a ser chamados de Turma da Mônica, tendo-lhe como protagonista na maioria das obras dos Estúdios Mauricio de Sousa.
 
   
 
==Concepção e Criação ==
 
==Concepção e Criação ==
Linha 14: Linha 14:
 
== Em Turma da Mônica Jovem ==
 
== Em Turma da Mônica Jovem ==
   
Mônica é alegre, meiga e ainda um pouco dentucinha, mas é agora uma garota esbelta e muito bonita. Muito determinada, sempre indo até o fim quando quer algo. Parece ter uma boa amizade com Cebola, compensando os atritos entre os dois, gerados por planos dele contra ela e coelhadas dela nele. Desta vez possuem uma amizade um tanto colorida, já que Mônica não esconde que é de fato apaixonada pelo Cebola, apesar que de vez em quando ainda suspira por outros garotos. Apesar de ainda ser geniosa, parece ter controlado isso conforme cresceu e se mostra mais calma e pensativa. Sempre está disposta a ajudar seus amigos e às vezes se esquece dela mesma por querer ajudar os outros. Ainda discute com o Cebola, mas não esconde suas segundas intenções e dá sempre um jeitinho de se aproximar do "amigo", fazendo um cafuné em seu cabelo e sempre lhe apoiando com todo amor, só que morre de ciúmes quando Cebola fala com outras garotas... Mas também adora provocá-lo, saindo com outros garotos na frente dele.
+
Mônica é alegre, meiga e ainda um pouco dentucinha, mas é agora uma garota esbelta e muito bonita. Muito determinada, sempre indo até o fim quando quer algo. Parece ter uma boa amizade com Cebola, compensando [[Arquivo:Monica_jovem.jpg|thumb]]os atritos entre os dois, gerados por planos dele contra ela e coelhadas dela nele. Desta vez possuem uma amizade um tanto colorida, já que Mônica não esconde que é de fato apaixonada pelo Cebola, apesar que de vez em quando ainda suspira por outros garotos. Apesar de ainda ser geniosa, parece ter controlado isso conforme cresceu e se mostra mais calma e pensativa. Sempre está disposta a ajudar seus amigos e às vezes se esquece dela mesma por querer ajudar os outros. Ainda discute com o Cebola, mas não esconde suas segundas intenções e dá sempre um jeitinho de se aproximar do "amigo", fazendo um cafuné em seu cabelo e sempre lhe apoiando com todo amor, só que morre de ciúmes quando Cebola fala com outras garotas... Mas também adora provocá-lo, saindo com outros garotos na frente dele.
 
[[Categoria:Personagens Principais]]
 
[[Categoria:Personagens Principais]]
 
[[Categoria:Personagens]]
 
[[Categoria:Personagens]]

Edição das 17h54min de 16 de janeiro de 2012

Mônica é uma personagem fictícia de histórias em quadrinhos brasileira, criada por Mauricio de Sousa em 1963
5310249GG
na tiras de jornais de Cebolinha. Originalmente como coadjuvante, Mônica logo se tornou a principal personagem de Maurício e passou estrelar sua própria revista em 1970 publicada primeiro pela Editora Abril e atualmente pela Editora Panini. Os personagens de Mauricio de Sousa passaram a ser chamados de Turma da Mônica, tendo-lhe como protagonista na maioria das obras dos Estúdios Mauricio de Sousa.

Concepção e Criação

Mauricio de Sousa baseou-se em sua filha homônima para criá-la, fato que se repetiu com outras personagens surgidas posteriormente. Seu papel original era como coadjuvante para Cebolinha, o protagonista original entre os primeiros personagens de Mauricio. Porém, seu público, como o próprio relata, "passou a coroa" para ela. Mauricio atribui parte do sucesso de Mônica ao fato da mesma ser a primeira personagem feminina com papel de destaque dentre suas criações, que eram em maioria meninos. Mônica ganhou tanto espaço que acabou tendo sua própria revista em 1970, a primeira publicação infantil colorida em terras brasileiras. Enquanto sua filha brincava com as irmãs, Mauricio aproveitava para estudar o comportamento dela. Quando sua irmã mais velha, Mariângela, que por sua vez inspirou Maria Cebolinha, lhe cortou os cabelos, deixou diversos caminhos-de-rato em sua cabeça, usados pelo pai para conceber o cabelo em gomos da personagem, que lembram bananas. A menina era gorducha, dentuça e de baixa estatura, características que também foram transferidas para sua criação de forma caricata e exagerada, assim como sua personalidade forte e briguenta. Mauricio ainda observou que a filha utilizava roupas de cor vermelha com frequência e tinha muito apreço por um coelho de pelúcia. Ele fez com que sua personagem também apresentasse tais traços. Com o passar dos anos, os traços de Mauricio evoluíram, mas Mônica manteve os dentes incisivos protuberantes e sempre usa vestidos de cor vermelha. Nas histórias, os personagens constantemente a ofendem com insultos relacionados à sua baixa estatura e ao seu excesso de peso, apesar de não apresentar diferenças visíveis com os outros personagens no estilo atual de desenho das publicações. Em sua versão adolescente na publicação Turma da Mônica Jovem, a personagem aparece com peso e estatura normais, e seus dentes, apesar de ainda protuberantes, são menos caricatos do que em sua versão infantil. Ela também possui um indumentário mais extenso e que não se limita apenas ao vermelho.

Sinopse

Mônica é uma menina de sete anos que vive no Bairro do Limoeiro, local fictício que serve de cenário para a maioria das histórias que protagoniza. Ela vive com sua mãe Luísa, uma dona de casa, e seu pai Sousa, que trabalha em uma companhia de negócios e tem sua aparência baseada no Mauricio de Sousa real. Quando foi criada, Mônica era irmã do personagem Zé Luis, mas na continuidade atual aboliu-se tal parentesco. Ela também tem um cachorro de estimação chamado Monicão, que divide diversas características físicas e comportamentais com sua dona. Monicão foi um presente de seus amigos Cebolinha e Cascão, numa tentativa frustrada de zombar da menina. Em Turma da Mônica Jovem, descobre-se que Mônica descende de uma heroína portuguesa com o mesmo nome e aparência de sua mãe, que é uma encarnação passada da mesma e fazia parte da guarda pessoal de um imperador da época. A filha da heroína também se chamava Mônica e possuía força sobre-humana, o que indica que tal característica seja familiar. De gênio forte, Mônica não tem paciência para os apelidos que recebe das outras crianças por causa de sua aparência física e costuma responder a tais ações com sua extrema força bruta, muito superior à de uma menina de sua idade e até mesmo à de um ser humano comum. Mônica aplica tais "correções" em seus colegas com suas próprias mãos ou através de Sansão, um coelho azul de pelúcia que é muito querido por Mônica. Sansão é frequentemente roubado pelos meninos do bairro, que dão nós em suas orelhas para irritar a "dona da rua", título que ostenta e que é almejado por Cebolinha. Apesar das provocações constantes que enfrenta, ela tem laços de amizade com a maioria das crianças do bairro, em especial com Magali, uma das poucas que não sofrem com o temperamento de Mônica. Normalmente geniosa, por vezes demonstra um comportamento mais dócil e feminino, e frequentemente se apaixona pelos meninos mais bonitos do bairro. Ela se mostra mais controlada e romântica quando adolescente em Turma da Mônica Jovem, mas em alguns momentos ainda deixa seu lado violento aflorar. Ela também nutre uma paixão correspondida por Cebola, com quem tanto brigava na infância.

Recepção

Mônica é vista como uma das personagens mais importantes na história dos quadrinhos brasileiros em diversas mídias. Em 2007, a personagem recebeu o título de embaixadora da UNICEF por sua contribuição de quase 50 anos na transmissão de "valores como a amizade, a importância da educação, da convivência familiar e comunitária." A Representante do UNICEF no Brasil, Marie-Pierre Poirier, declarou que "Mônica ajudará o UNICEF a defender os direitos das crianças, usando uma linguagem que permitirá que as crianças entendam melhor seus direitos a educação, saúde, proteção e carinho".

Em Turma da Mônica Jovem

Mônica é alegre, meiga e ainda um pouco dentucinha, mas é agora uma garota esbelta e muito bonita. Muito determinada, sempre indo até o fim quando quer algo. Parece ter uma boa amizade com Cebola, compensando
Monica jovem
os atritos entre os dois, gerados por planos dele contra ela e coelhadas dela nele. Desta vez possuem uma amizade um tanto colorida, já que Mônica não esconde que é de fato apaixonada pelo Cebola, apesar que de vez em quando ainda suspira por outros garotos. Apesar de ainda ser geniosa, parece ter controlado isso conforme cresceu e se mostra mais calma e pensativa. Sempre está disposta a ajudar seus amigos e às vezes se esquece dela mesma por querer ajudar os outros. Ainda discute com o Cebola, mas não esconde suas segundas intenções e dá sempre um jeitinho de se aproximar do "amigo", fazendo um cafuné em seu cabelo e sempre lhe apoiando com todo amor, só que morre de ciúmes quando Cebola fala com outras garotas... Mas também adora provocá-lo, saindo com outros garotos na frente dele.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.