FANDOM


Sobre o Lorde Coelhão
Ajuda
Lorde Coelhão
Lorde Coelhão em 'Os Vingadoidos', de Junho de 2013
Informações de Fundo
Filmes
As Aventuras da Turma da Mônica,
A Princesa e o Robô
Dublador(es)
Mário Vilela,
Araquem Saldanha
Inspiração
Darth Vader, antagonista principal da franquia Guerra nas Estrelas.
Primeira Aparição
As Aventuras da Turma da Mônica (Dezembro de 1982)
Informações do Personagem
Outros Títulos
Lorde Kamen,
Kraken
Aparência e Personalidade
Coelho azul, com dentes avantajados, usa uma máscara-capacete preta e luvas da mesma cor acompanhadas por uma capa preta de fundo vermelho. Megalomaníaco, egocêntrico, prepotente, nefasto e perverso.
Ocupação
Vilão e Conselheiro
Afiliações
S.M.A.Q.
Moradia
Nave-Mãe,
Cenourando (anteriormente)
Amigos
Zóiudo, Coelhóides
Inimigos
Mônica (Rival Principal),
Turma da Mônica,
Robozinho
Objetivo
Se tornar o Imperador de Cenourando; conquistar e transformar a Terra em uma enorme plantação de cenouras e se vingar da Turma da Mônica.
Poderes e Habilidades
Habilidade estratégicas
"Ousou desafiar a mim "Lorde Coelhão"? Chegou o seu fim, mísero coelhinho..."
—Lorde ameaçando o Robozinho.[origem]

O Lorde Coelhão, dono de um exército de coelhos-androides chamados de, Coelhóides, era o antigo conselheiro do Rei de Cenourando, e tentava há muito tempo casar-se com Mimi, princesa do Planeta, para ele se tornar o novo Imperador e governar a todos.

Após ter sido derrotado pela Turma da Mônica, que ajuda o Robozinho a frustrar os planos do terrível vilão, o Lorde Coelhão começa a adquirir um ódio pelas crianças, tendo como palco o espaço para realizar peripécias maléficas junto ao seu aliado, o espião Zóiudo, que desempenha atividades de investigação para seu mestre por todo o universo. Lorde conta com uma nave gigantesca chamada "Nave-Mãe" de onde comanda sua tropa de coelhos robóticos, e atualmente, depois de tantos fracassos pela galáxia, almeja destruir o Planeta Terra, derrotando Mônica e seus amigos.

Ele reaparece em Turma da Mônica Jovem, na edição "Novos Desafios!", onde agora se chama Lorde Kamen, apelidado de Coelhão por Mônica. É um tipo de "Deus" que dirige o destino da galáxia.

Características e traços Editar

Lorde Coelhão

Lorde Coelhão é um coelho azul, semelhante ao Sansão, porém peludo, que sobrepõem seu corpo. Usa uma máscara-capacete preta acima do seu focinho vermelho, que não tampa os olhos e permite que suas grandes orelhas fiquem para fora. Seu rosto, pequeno se comparado com o corpo gordinho e avantajado, tem bochechas grandes e peludas. O Lorde tem também uma típica cauda de coelho, bastante felpuda.

Ele também usa uma capa negra, junto a um fundo vermelho na parte oposta, coberto por linhas no fim da capa simbolizando sombreamentos. Seus dentes são enormes e têm o formato dos dentes do Chico Bento, com uma risca no meio. Lorde Coelhão também já foi visto com acessórios, como em Os Vingadoidos, onde ele passa a usar uma curta luva preta e um broche amarelo segurando a capa em seu pescoço.

Na Turma da Mônica Jovem, ele continua igual ao visual antigo. Porém agora suas orelhas se viram pros lados e ele perdeu seu pelo, também ficando menor. O desenhista optou por deixá-lo mais "fofo" em vez da aparência de vilão de antigamente, então houveram muitas alterações no traço até que resolveram ilustrá-lo ao estilo chibi.[1] Por favor, não confundir com Lorde Kamen.

História Editar

Nos gibis, ele não aparece muito. Embora muitos pensem que ele teve sua primeira aparição em A Princesa e o Robô, só por ser o vilão principal do longa, Lorde Coelhão fez sua 1ª aparição no longa-metragem de 1982 "As Aventuras da Turma da Mônica", onde fez o grande vilão e sendo dublado pelo já falecido Mário Vilela, tentando transformar a Terra em uma plantação de cenoura.

Lorde Coelhão em TMJ

Lorde Coelhão estilizado na TMJ, nas primeiras edições da revista...

Logo depois apareceu em A Princesa e o Robô, 1 ano depois do antigo longa. Lá ele trapaceou para tentar se casar com a princesa Mimi, porém foi derrotado. Após isso, cerca de 20 anos depois, ele retornou em 2001 - Uma Odisséia no Parque tentando dominar o Parque da Mônica e derrotar Mônica. Em Turma da Mônica Jovem ele aparece na edição "Novos Desafios", e o "novo Lorde Coelhão" agora se chama Lorde Kamen, apelidado de Coelhão por Mônica. É um tipo de "Deus" que dirige o destino da galáxia.

Dublagens Editar

Lord Coelhão, nos longa-metragens As Aventuras da Turma da Mônica e A Princesa e o Robô, foi dublado por Arakén (Araquém) Saldanha. Lorde Coelhão é confirmado em re-aparecer nas novas edições.

Poderes e Habilidades Editar

Equipamentos Editar

  • Pistola Empacotadora: É uma pistola que, ao atirar em alguém, transforma ela em um pacote de presente. Não transforma, na verdade, simplesmente empacota ele.
  • Espada de Boxe: De início parece uma espada para estocada, porém ela possui uma abertura que solta uma mola com luva de boxe e nocauteia o inimigo.
  • Bomba-Chá: É uma xícara de chá que fica na capa do Lorde Coelhão que, enquanto a pessoa está distraída bebendo o chá, explode.
  • Kraker: É um robô gigante que botava terror em Tobor, mas foi derrotado por Mônica, Cebola, Zephyrum, Cascão, Magali e Astronauta.

Técnicas Editar

O Lorde Coelhão é do tipo vilão "estrategista", isto porque ele não possui nenhum porte físico para combate corpo-a-corpo como outros inimigos, além de também não ter habilidades de luta. Ele possui vários coelhos-robôs em sua tropa, conhecido como Coelhoides, e eles lutam por seu chefe. Ele também possui um subordinado chamado Zoiudo, que tem muitas vantagens por ser um pequeno ser (no formato de um lagarto) e ter olhos-câmera, que tudo o que vê vai para a Nave-Mãe de Lorde Coelhão.

Constrói várias máquinas, grande parte explosivas, para derrotar seus inimigos. Em 2001 – Uma Odisséia no Parque, ele cria um monolito para sugar a energia da Turma da Mônica e aos seus robôs. Pode-se ver que ele é ótimo em disfarces, pois enganou o pai de Mimi só usando a voz, e não aparecendo também com seu rosto ou corpo. Ele é também um espadachim de alto nível, e sua espada tem o formato de uma cenoura. Sua nave-mãe pode abduzir alguém e transformá-lo em um Bidu, como fez com Mauricio de Sousa.

ApariçõesEditar

Turma da Mônica (Abril)Editar

  1. As Aventuras da Turma da Mônica (1982)
  2. A Princesa e o Robô (1983)

Turma da Mônica (Globo)Editar

  1. Parque da Mônica Nº 102 - 2001 Uma Odisséia no Parque
  2. Parque da Mônica Nº 117 - Império Contra a Vaca
  3. A Volta do Capitão Feio!

Turma da Mônica (Panini)Editar

  1. Parque da Mônica Nº 2 - Super-Horácio, o Retorno
  2. Mauricio de Sousa: Biografia em Quadrinhos
  3. Mauricio Apresenta Nº 8 - Os Doze Símbolos do Natal
  4. Clássicos do Cinema Nº 9 - Planeta de Coelhinhos
  5. Clássicos do Cinema Nº 27 - Lanterninha Verde
  6. Uma Aventura Olímpica com a Turma da Mônica
  7. Clássicos do Cinema Nº 38 - Os Vingadoidos

Turma da Mônica JovemEditar

  1. Turma da Mônica Jovem Nº 3 - Novos Desafios!
  2. Mônica Jovem Especial Nº 1 - Lembranças

MençõesEditar

Turma da Mônica (Globo)Editar

  • Mônica Nº 239 - Que fim levou o Sansão?

Turma da Mônica (Panini)Editar

  1. Cebolinha Nº 54 - A volta do Dr. Spam

Curiosidades Editar

  • Um fato é que, Mônica, mesmo sabendo que é falsa, sempre cai na sua cara de do!

Ele é inspirado em Darth Vader.

Notas de rodapé Ajuda

  1. Chibi (ちび ou 禿び (sendo este pouco usado)? lit. baixinho) é um termo japonês, utilizado no contexto de anime ou mangá, para descrever um traço de desenho de personagem bastante estilizado, com cabeças no mesmo tamanho dos corpos, geralmente para obter um efeito cômico ou mais sentimental. Um traço marcante dos chibi é que quase sempre não é desenhado o nariz, a boca nem sempre é finalizada e os traços em geral são bem simplificados. Outras vezes, em vez de um corpo humano, o desenhista coloca a cabeça do personagem em um corpo ou com características de gato, cachorro ou algum outro animal. Fonte: Definição e características de "Chibi", na Wikipédia Wikipédia.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.