FANDOM


Linha 12: Linha 12:
 
Além disso ela tem um cão guia, o [[Radar]].
 
Além disso ela tem um cão guia, o [[Radar]].
   
  +
== Em Turma da Mônica Jovem ==
  +
(Perso-Homengem a Dorina Nowill) Aparece como figurante na 4ª edição, na contra-capa da edição 12, e, também, na edição 16 como garota manipulada pelo Soranin. Teve sua primeira aparição sigificativa na edição 26, onde fez par com Ângelo, na festa de quinze anos da Marina. Na edição 27, é transformada em um objeto pela bruxa Viviane e na edição 28, ainda transformada, encoraja Marina a beijar Franja para que o encanto se quebre e todos voltem ao normal.
 
[[Category:Personagens]]
 
[[Category:Personagens]]
 
[[Category:Secundários]]
 
[[Category:Secundários]]

Edição das 15h36min de 29 de julho de 2011

Dorinha

Dorinha.

Dorinha foi a primeira personagem deficiente visual (cega) do desenhista Maurício de Sousa. A sua estréia foi no Gibi da Mônica nº 221, a 22 de novembro de 2009.

Segundo o criador da Turma da Mônica, a personagem será responsável por mostrar aos amiguinhos uma nova maneira de ver a vida. “Por entender que se pode educar por meio das histórias em quadrinhos, decidi aumentar a Turma. A Dorinha vai mostrar às crianças como ouvir o som do mundo, sentir seus perfumes, e sugerir o hábito da inclusão, onde todos se tratam de igual para igual, independentemente de alguma deficiência física”, disse Mauricio de Sousa.

Para marcar a primeira aparição da personagem nas revistinhas da Turma da Mônica, foi criada uma história emocionante onde Mônica, Cebolinha, Magali, Cascão e Marina são os responsáveis pelas boas-vindas à nova amiguinha.

Já no primeiro momento, Dorinha aparece deslumbrante, com roupas fashion, corte de cabelo moderno, óculos escuros, segurando, numa mão, a sua bengalinha e na outra, a coleira do seu cachorro Labrador, chamado Radar. A personagem, bastante extrovertida, logo faz amizade com a turminha e decide brincar normalmente como qualquer criança. A partir daí é que ela surpreende os amiguinhos através de suas habilidades e sentidos aguçados como o tato, a audição e o olfato.

O nome Dorinha, Mauricio escolheu em homenagem a Dorina Nowil, uma mulher que perdeu a visão quando criança, mas não se abateu, enfrentou o problema e é hoje um exemplo de força de vontade e simpatia. Sua Fundação Dorina Nowil, que trata de cegos, é uma referência como instituição.

Além disso ela tem um cão guia, o Radar.

Em Turma da Mônica Jovem

(Perso-Homengem a Dorina Nowill) Aparece como figurante na 4ª edição, na contra-capa da edição 12, e, também, na edição 16 como garota manipulada pelo Soranin. Teve sua primeira aparição sigificativa na edição 26, onde fez par com Ângelo, na festa de quinze anos da Marina. Na edição 27, é transformada em um objeto pela bruxa Viviane e na edição 28, ainda transformada, encoraja Marina a beijar Franja para que o encanto se quebre e todos voltem ao normal.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.