Dona Marocas
Dona Marocas.jpgChico entrega uma flor para a sua professora
Informações de Fundo
Informações do Personagem
Nome Completo
Marocas Salgado[1]
Data de Nascimento
12 de julho de 1962[1]
34 anos (aproximadamente)
Ocupação
Professora
Afiliações
Turma do Chico Bento,
Escola de Vila Abobrinha
Moradia
Casa na Vila Abobrinha
Família
Matilde (irmã)[2]
Ritinha Marocas (sobrinha)[3]
Tenório (noivo/ex-noivo)[1]
Objetivo
Ensinar e educar seus alunos da Vila Abobrinha.

A Dona Marocas é a respeitável professora do Chico Bento e de sua Turma de amigos. Leciona em uma escola pública na Vila Abobrinha e é extremamente inteligente. Muita das vezes ela é implicante com seus alunos (e com total razão), porém sempre demonstra afeto e atenção na hora de lecionar.

Características e traços

Dona Marocas em 'Como Fiquei Gostando do Chico!'.png

Marocas dá aula de tudo quanto é matéria, desde humanas como história, gramática e artes, até exatas como matemática, física e química. Antigamente aparecia em algumas tiras do Chico Bento com cabelos pretos e curtos, ainda sem nome definido, sempre chamada pelo Chico de "Fêssora" e de temperamento rígido. Ganharia mais destaque nos próximos anos, com cabelos ruivos e presos por um coque, sempre com seus óculos fundo-de-garrafa. Ainda dá belas broncas nos meninos, principalmente no Chico, por não suportar que cheguem atrasados em sua aula, pois sabe que são frequentes as faltas dos alunos para passar a manhã nadando no laguinho próximo ao sítio dos Bento.

Apesar de implicar muito com o Chico, ela tem um carinho muito especial por ele e só deseja o seu bem, assim como ele a adora. São poucas as histórias em que ela se desfaz do visual de professora e revela sua beleza exuberante.

História

Outras aparições

Alunos


Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 Chico Bento Nº 247 (Editora Globo) - O Aniversário da Professora, Pág. 5 (quadrinho 3), Julho de 1996 (arquivo)
  2. Chico Bento 1ª Série Nº 41 (Editora Panini) - Quero Aparecer na Foto, Pág. 5 (quadrinho 1), Maio de 2010
  3. Chico Bento Nº 298 (Editora Globo) - A Infância Perdida da Professora, Pág. 16 (quadrinho 2), Junho de 1998
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.