FANDOM


MeninoAranha

Menino-Aranha é a edição de número 33 de Clássicos do Cinema (Editora Panini), lançada em agosto de 2012. Faz paródia ao filme do Homem-Aranha (2002). Teve uma continuação, Menino-Aranha 2.

ElencoEditar

Referências à MarvelEditar

  • As referências a clones aludem à infame Saga do Clone do Aranha.
  • Quando Cebola perde o ônibus, ele vira o Hulk ("raios gama no suco" cita um guaraná com sangue do Hulk no último filme do herói).
  • Stan Lee, criador do Aranha, aparece dizendo que é a origem errada e falando a frase "com grandes poderes vem grandes responsabilidades".
  • A discussão sobre Xaveconers virar o Lagarto é porque Curt Connors aparece nos três filmes originais, mas o Lagarto só aparece no recomeço da série (que, aliás, saiu na mesma época desta edição).
  • Quando Cebola diz que é o único com poderes mutantes, os X-Men surgem no quadrinho seguinte.
  • O General Jotalhão visita um certo "Starqui", que criou uma armadura de limpeza - do Homem de Ferro.
  • Cebola visita o costureiro Bene Ditko
  • O Coisa vem dizer que "Tá na Hora do Pau" já é bordão dele.
  • Logo depois, o Aranha conhece o Doutor Estranho.
  • O Aranha vai pra ponte errada quatro vezes - em uma o Demolidor enfrenta Mercenário e Rei do Crime, noutra o Quarteto Fantástico derrota o Dr. Destino, em mais uma Thor está com Loki, e na "ponte certa em 1945" Capitão América e Bucky enfrentam o Caveira Vermelha.
  • Carmin Steice é referência ao fato do resgate de Mary Jane no primeiro filme ser citação à morte de Gwen Stacy nos quadrinhos; ela diz "me liga tigrão", o apelido de Mary Jane pro Aranha.
  • Cascão diz que virará o vilão, o que Harry faz no terceiro filme.
  • Na última página, o Aranha se descreve com o epíteto do herói, "O Espetacular Homem-Aranha".

Outros (DC Comics)Editar

  • Quando Cebola voa com um fio de teia, Batman e Robin sobem um prédio no fundo.
  • Cebola encontra Superman em uma cabine telefônica.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.