FANDOM


Mônica e Sansão em Titônica
Alto lá, comandante! Parece que o navio Titônica avistou algo diferente...
Este artigo é sobre um personagem, objeto ou lugar que aparece nos Clássicos do Cinema. Portanto, não é algo real ou que exista no universo da Turma da Mônica; só existe apenas nas edições dos Clássicos do Cinema na qual aparece!
Sobre o Cabeline
Ajuda
Cabeline
Cebologan em 'Clássicos do Cinema - Superequipes'
Cabeline na capa da edição de Superequipes
Informações de Fundo
Primeira Aparição
Clássicos do Cinema Nº 47
X-Mônicos (Março de 2015)
(única aparição) [1]
Feito por
Cebolinha
Parodiando
Wolverine (Logan)
Informações do Personagem
Nome Completo
Cebologan
Outros Títulos
Ceboline[2]
Afiliações e Grupos
X-Mônicos
Murmurantes
Moradia
Mansão do Xaveco Xavier
Amigo(s)
Vampirada, Jean Gordei, Xaveco Xavier, Chuvinha, Caolho, Menino Gelo, Fedonho
Inimigo(s)
Magnetácio (ex arqui-inimigo)
Dentão-de-Sabre, Lucística, Muxoxo, Senador Kéluis (ex-inimigo)
Poderes e Habilidades
Fator de cura e esqueleto resistivo.
Armas e Itens
Corpo de Adamantium, como as garras de fios de cabelo que saem de seus dedos.

O Cabeline (também conhecido como Ceboline),[2] alter-ego do personagem Cebologan, é um super-herói fictício da edição X-Mônicos. Paródia de Wolverine, da Marvel Comics.

Características e traços Editar

Cabeline (Cebologan)

De cabelo arrepiado e bagunçado, Cabeline tem um formato capilar semelhante à costeletas, na qual formaria sua possível barba, de resto, tem a aparência normal do Cebolinha. Já quanto suas vestimentas, a principal é a casual (rotineiramente um moletom cinza ou jaqueta marrom, com calça azul e sapatos da mesma cor da jaqueta, combinando com o trejeito simples do super-herói).

Seu uniforme dos X-Mônicos obtém-se por um macacão elastano preto, com detalhes dourados e protetores cinzas nas juntas dos cotovelos, ombros, pulsos e quadril, além de um cinto com o detalhe "X" grafado em seu centro.

EnredoEditar

Poderes e Habilidades Editar

Técnicas atribuídas Editar

  • Fator de Cura: Cabeline tem a habilidade de se regenerar, ou seja, ele consegue curar ferimentos graves em questão de segundos. Ele nasceu com isso desde os primórdios da Força Mônix, uma entidade que enviou poderes mutantes aos humanos,[3] portanto, isto não lhe foi atribuído pelo decorrer da vida. Em algumas situações pela HQ pode-se observar que seu fator de cura, por vezes, falha ou está fraco,[4] [5] mesmo assim, quando ele está fazendo chacotas da Jean Gordei e precisa se proteger de suas coelhadas, seu fator de cura é bastante eficaz.[6] [7]
  • Esqueleto de Coelhadamantium: É revelado que o interior (dentro) do corpo do Cabeline é revestido por um metal líquido azul, que é extremamente sólido, resistente e poderoso,[8] denominado de Coelhadamantium. Portanto, além de ter um fator de cura que regenera ferimentos, Cabeline é impenetrável em ataques contra o metal, que pode-se ser manipulável pelo Magnetácio, pois ele controla o metal.[5] Não se sabe quem ou porque de seu corpo estar revestido pelo tal metal, mas se sabe que é o mesmo elemento que se encontra também dentro do Sansão,[9] e da armadura do Chico Rogers.[10]

Equipamentos e parafernália Editar

  • Garras de fios de cabelo: Este é o motivo para qual seu pseudônimo é Cabeline, estas garras são revestidas pelo Coelhadamantium, sendo fortes e ligeiras, ele as usa mais do que seus poderes. As garras são capazes de fatiar qualquer material em poucos segundos, pois são ágeis e, acima de tudo, duras como o aço.[11]
A Turma da Mônica Wiki tem uma coleção de Imagens sobre:
Cebolinha tirando Fotos

Links externos Editar

Notas de rodapé Ajuda

  1. Primeira e única aparição conhecida até à data, incluindo flashbacks.
  2. 2,0 2,1 Clássicos do Cinema Nº 47 (Editora Panini) - X-Mônicos, Pág. 16 (quadrinho 3, 4 e 5)
  3. Clássicos do Cinema Nº 47 (Editora Panini) - X-Mônicos, Pág. 5 (quadrinho 2 e 3)
  4. Clássicos do Cinema Nº 47 (Editora Panini) - X-Mônicos, Pág. 19 (quadrinho 5)
  5. 5,0 5,1 Clássicos do Cinema Nº 47 (Editora Panini) - X-Mônicos, Pág. 33 (quadrinho 2, 3 e 4)
  6. Clássicos do Cinema Nº 47 (Editora Panini) - X-Mônicos, Pág. 20 (quadrinho 6)
  7. Clássicos do Cinema Nº 47 (Editora Panini) - X-Mônicos, Pág. 37 (quadrinho 8)
  8. Clássicos do Cinema Nº 47 (Editora Panini) - X-Mônicos, Pág. 24 (quadrinho 2 e 5)
  9. Clássicos do Cinema Nº 47 (Editora Panini) - X-Mônicos, Pág. 35 (quadrinho 3)
  10. Clássicos do Cinema Nº 38 (Editora Panini) - Os Vingadoidos, Pág. 17 (quadrinho 7)
  11. Clássicos do Cinema Nº 47 (Editora Panini) - X-Mônicos, Pág. 14 (quadrinho 3 há 5)
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.