FANDOM


Turma Jovem na CCXP
Mesmos personagens! Atualizados e prontos para um recomeço...
Este artigo é sobre um personagem, objeto ou lugar que aparece na TMJ. Portanto, são artigos de eventos futuros; simbolizando suas versões anos depois das historinhas clássicas!
Ajuda
Agente Brisa
Brisa na contra-capa
Informações de Fundo
Primeira Aparição
TMJ Nº 32 - Cuidado com que Deseja
(Março de 2011)
Informações do Personagem
Ocupação
Agente da DI.NÂ.MI.CA.
Afiliações e Grupos
DI.NÂ.MI.CA.
Relacionamentos e Família
B.O.R.E.A.S. (criação)
Amigo(s)
Cebola
Brisa é um gênio fabricado no modo social e, atualmente, foi configurada para o modo de combate. No desenrolar de sua vida, desenvolveu a consciência, se tornando a mais rara e inteligente androide, ademais, defeituosa.

Características e traços Editar

Brisa

A Brisa é uma "G-Nius 6000" da "Série Vento" e, diferentemente dos outros G-Nius (feitos para, como o próprio nome indica, interagir civilizadamente com os humanos), ela se mostrou objetiva, temperamental e explosiva, além de essencialmente teimosa, mesmo se tratando de seu mestre.

Pensa livremente, e é um pouco agressiva. Possui uma queda por Cebola, um de seus únicos dois amigos. Ela é programada para realizar os desejos que a pessoa quiser. Ela não demonstra ter um código de conduta definido, chegando a trapacear para atingir seus objetivos (um dos motivos pela qual ela é considerada "defeituosa"). De acordo com a própria Brisa, assim como todos os robôs, não possui preferências ou aversões.

Já em sua segunda aparição ("Caçadores de Androides"), ela esta visivelmente mais dócil e sentimental, sua teimosia fez com que se tornasse uma androide ainda mais independente e incapaz de prejudicar.

História Editar

Ela é um Gênio defeituoso, que "rouba" o emprego de Cebola. É vendida para Alberto Gilberto Dagoberto Terceiro, um homem rico que participa de um Clube de Duelos entre Gênios.

Ele apaga parte de sua memória e a coloca para lutar com outros Gênios. Mônica, fantasiada de Gênio, e Cebola, fantasiado de um participante do Clube, vão salvá-la, mas ela finge que não se lembra dele, deixando-o desconsolado. Apareceu na edição 32 da Turma da Mônica Jovem.

O início de tudoEditar

No lançamento dos G-Nius 6000, Brisa foi feita pelo dono de uma distribuidora de revistas, para distribuí-las grátis e mais rapidamente. Isso fez com que Cebola perdesse o emprego, e disputasse com ela quem era o melhor corredor. Foi comprada por um preço menor do que a média, por estar com um defeito: a agressividade. Em todos os desafios, Brisa era a vitoriosa, pois era seu dever realizar o desejo imposto pelo mestre: ultrapassá-lo.

Brisa é levada de voltaEditar

Com isso, Cebola imaginou Brisa como a primeira de uma série de robôs feita para ultrapassar os humanos, e se sentiu na obrigação de detê-la. Ele a convidou para o shopping, onde foi gentil, dando bichinhos de pelúcia, uma ida ao cinema e um recarregador USB. Ele provou que Brisa, programada para ser fofa e meiga, só sabia reclamar e fazer birra. Com isso, a função de Brisa foi cancelada, entristecendo-a. Enquanto conversava sobre isso com Cebola, ela foi chamada de volta por seu dono, com o comando Retorno.

O dono da distribuidora vendeu-a para um homem com o desejo de disputar um Duelo no Clube de Duelos, reformatando sua memória e transformando-a em uma lutadora. Para impedir, Cebola, querendo comprá-la, se infiltrou no Clube de Duelos com o nome de Cebola Eustáquio Fagundes Saladino Oitavo, levando o gênio Mônica, para lutar contra Brisa e burlar o sistema.

Brisa vs MônicaEditar

Brisa vs Mô

Brisa avança contra Mônica

O anfitrião Alberto Gilberto Dagoberto III, após ver Mônica sendo a finalista e deixando todos os G-Nius feridos, escolheu Brisa como adversária. Vendo Cebola na arquibancada, a androide decidiu não perder, mesmo que Mônica não estivesse disposta a destruí-la, e sim a não permitir violência contra Gênios.

Ao ver que Brisa estava tentando matar Mônica, Cebola usou seu tablet para enviar um e-mail a todos os Gênios presentes, o que os fez se virarem contra o mestre seguindo o comando da mensagem. Mas, para Cebola poder enfrentar alguém forte, e não alguém que foi derrotado, Brisa disse que não o conhecia, fingindo a formatação de seu programa e enviando um e-mail pra Mônica relatando tudo.

Ela então foi comprada por outro mestre e teve uma nova vida.

Caçada pela DINAMICAEditar

Tempos depois, passaram a usar o Módulo-Mestre (esfera na cabeça dos G-Nius) para cancelar os androides defeituosos. Brisa foi a um laboratório pedir que lhe retirassem o Módulo, mas acharam que ela era defeituosa, e tentaram cancelá-la. Para impedir, Brisa destruiu o laboratório, que espantou os cientistas. Ainda assim, as câmeras de segurança gravaram tudo, o que fez ela ser caçada pela Divisão Nacional de Mistérios e Catástrofes (a DI.NA.MI.CA) para evitar algum perigo. Ela se encaminhou até um Depósito, procurando as peças para retirar o Módulo, mas não foi autorizada, com os cientistas chamando a equipe de segurança.

Cebola e Mônica foram encomendados de detê-la, embora Cebola só estivesse lá por causa de Mônica, pois não concordava em deter Brisa. Para escapar, a androide contou com a ajuda dos dois, fingindo-os de refém e escapando. Longe, Mônica algemou Brisa, querendo levá-la até a DINAMICA para descobrir o que há de errado. Mas ela não queria, fugindo. Cebola não aprovou a iniciativa de Mônica e correu para se desculpar, mas a garota o seguiu e aproveitou o pedido de desculpas para machucar Brisa com seu coelhinho.

CapturadaEditar

Vendo a violência provocada por Mônica, Cebola revelou que ela era um gênio e isso fez com que o Agente X visse que ela não tinha mais utilidade, indo si mesmo dizer a Brisa que ela era um avanço, e era importante estudá-la e descobrir como ganhou consciência. Ela aceitou a proposta, sem se saber se eles estavam do lado bem ou mal.

Poderes e HabilidadesEditar

Superforça: Ao ser modificada para o Modo de Combate, ela recebeu um Upgrade de força, dando superforça a ponto de levantar portas e muitas coisas pesadas, sendo comparada a Mônica.

ApariçõesEditar

Turma da Mônica JovemEditar

  1. Turma da Mônica Jovem Nº 32 - Cuidado com o que deseja
  2. Turma da Mônica Jovem Nº 50 - O Casamento do Século
  3. Turma da Mônica Jovem Nº 73 - Caçadores de Androides
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.