FANDOM


Ajuda
Bertoldo
Bertoldo
Informações de Fundo
Primeira Aparição
Mônica Nº 100 (Ed. Globo), "Mônica 100... forças?!"
(Abril de 1995)
Informações do Personagem
Aparência e Personalidade
Alto, cabelos-de-mola, camiseta/jaleco com gravata xadrez azul, camisa verde com uma imagem do Cebolinha, cinto azul e sapatos e calça da cor preta. Doido, egocêntrico, desequilibrado, inquieto e maldoso.
Ocupação
Cabeleireira (ocasionalmente),
Cientista e Vilão
Família
Irmã desconhecida
Amigos
Cebolinha (ídolo),
Xaveco (ídolo alternativo) [1]
Inimigos
Mônica, sua irmã e outros personagens da Turma.
Objetivo
Fazer do Cebolinha, seu ídolo, o menino mais forte do mundo.
Destino e Estado Atual
Acaba tendo seus planos frustrados ao se deparar na transformação do Cebolinha como a Mônica, e falha em deixar a Mônica sem força pela sua irmã.[2]
Armas e Itens
Secador de Energia e Esguichador de Aguá

Bertoldo é o maior fã do Cebolinha, sendo que uma vez já retirou toda a força da Mônica e depositou no próprio.

Características e traços

Bertoldo em 'Outros 500'

Bertoldo em Mônica Nº 54, na historinha "Outros 500!".

Bertoldo é um homem adulto com cabelos bagunçados igual ao da Maria Cafufa, denominados "cabelos-de-mola"; tem nariz grande e uma camisa com gravata que se transforma em jaleco, por dentro tem uma camisa verde com a imagem do Cebolinha (em uma versão alternativa, quando o universo da Turma da Mônica é mudado, é uma imagem do Xaveco, provavelmente por ele ter se desapontado com o antigo ídolo),[1] e tem uma calça preta que vai até os pés.

Bertoldo é um grande fã do Cebolinha, tanto que em alguns momentos ele obtêm por ocasiões de insanidade, ele, querendo alcançar seu objetivo de tornar o Cebolinha o mais forte personagem de todos, passou anos pesquisando e desenvolvendo um meio de tirar a força da Mônica, mostrando assim ser bem determinado. Mesmo sendo um Vilão, ele até faz o que é bom para as pessoas que ele gosta.[3]

História

Mônica 100... forças?!

Na sua primeira aparição, na edição especial de Mônica Nº 100, da Editora Globo, em Abril de 1995, Bertoldo é visto pelo disfarce de uma cabeleireira. Com o objetivo de transformar seu ídolo, o Cebolinha, mais forte do que a Mônica, Bertoldo decide ir no salão na qual Mônica está fazendo o seu novo corte de cabelo para comemorar as cem edições de sua revista, e roubar a sua força.[2]

Primeiramente, ele rapta a Bia, a dona do local, e fica no lugar dela com um disfarce de ajudante; aproveitando a situação, ele utiliza um Secador de Energia criado por ele mesmo para sugar toda a força da Mônica, e pôr em prática o seu plano maléfico.[4] [5] Depois que Mônica sai do local sem desconfiar de nada, ela testa sua força contra o Cebolinha e os outros meninos do Bairro do Limoeiro, e então percebe que há algo de errado.

Bertoldo revela seu apreço pelo Cebolinha

Bertoldo revela seu apreço fanático pelo Cebolinha, seu grande ídolo de longa data.

De repente, Bia, anteriormente amarrada, se solta e explica para a Turma que há alguém por trás disso tudo. Logo, Bertoldo chega e revela sua verdadeira face, tirando o disfarce do seu corpo.[6] Ele conta que, nas horas de folga de seu trabalho, dedicava seu tempo a desenvolver um meio de tirar a força da Mônica e introduzi-la no Cebolinha (seu personagem favorito), para transformá-lo no mais forte do mundo, pois via uma injustiça a Mônica sempre vencer no final das historinhas.[7]

Conseguindo o feito, ao inserir a força no Cebolinha por um Esguichador de Aguá, Bertoldo se alegra por conseguir finalmente conquistar seu objetivo, só que ele não contava com um efeito colateral: como o Cebolinha estava com a força da Mônica, ele começa a se transformar nela (com os dentes avantajados, o cabelo de banana e o temperamento curto).[8] [9] Logo, Bertoldo vê aquilo como uma afronta do que já foi o Cebolinha, pois agora não era mais ele que estava lá, e sim a Mônica por inteira. Querendo seu personagem favorito de volta, Bertoldo mente para o Cebolinha, dizendo que vai usar o Secador de Energia para deixar o cabelo dele espetado novamente, quando na verdade a máquina acaba sugando toda a força restante do corpo do garoto.[10]

Bertoldo junto com o Cebolinha transformado em Mônica

Bertoldo mente para o Cebolinha, que transformado em Mônica, deseja ficar com toda a força dela.

Depois disso, Bertoldo conforta o Cebolinha, dizendo que apesar dele estar fraco, a Mônica também continuará assim, pois ele não colocará a força de volta ao corpo dela. No entanto, a irmã de Bertoldo (que semelhante a ele é uma grande fã de um personagem da Turma, no caso dela, a Mônica), pega o equipamento do Bertoldo e o esguicha na Mônica, que fica forte novamente, dizendo que as meninas sempre vencem no final.[11] Bertoldo, enfurecido, corre atrás de sua irmã que zomba dele, com ambos saindo da historinha, antes mesmo de ver o Cebolinha, como sempre, levando uma coelhada da Mônica.[11]

Outras aparições

Bertoldo em Mônica N54, da Editora Panini

A edição em que o Bertoldo apareceu pela primeira vez numa versão alternativa.

Bertoldo reapareceu posteriormente na edição comemorativa de Mônica Nº 500, da Editora Panini, na historinha "Outros 500!". Nela, é contextualizado que o Xaveco (que era na verdade a Boneca Tenebrosa disfarçada), insatisfeito por ser um personagem secundário, cansou de ser um rostinho bonito e decidiu alterar o passado para que pudesse ter sua própria revista, para assim governar a galáxia dos secundários das HQs. Dessa forma, ele volta no tempo e consegue adquirir todo o protagonismo da Mônica e do Cebolinha para si.

Numa dessas situações foi em Mônica Nº 100, da Editora Globo (edição na qual Bertoldo fez sua estreia), na qual Xaveco foi para Abril de 1995 substituir o Cebolinha na historia, fazendo com que ele fosse o ídolo do Bertoldo e que ele teria vencido a Mônica com sua força. Em seguida, Cebolinha, para impedir o plano do Xaveco/Boneca Tenebrosa, viaja no tempo para essa edição, falando que Mônica é super-forte por ser sobrinha do Jorjão, e para comprovar isso ela resolve levantar a T-Tempo, enquanto Bertoldo, Magali e Cascão observam pasmados. Terminando as aparições do Bertoldo em novas historias.

Poderes e Habilidades

Além de Bertoldo ser um Escriturário, ou seja, alguém que faz de tudo um pouco, ele ainda dedica parte do seu tempo nas horas de folga para fazer pesquisas científicas,[5] obtendo assim certas habilidades variadas.

Equipamentos

  • Secador de Energia: Parecendo um secador comum, ele suga praticamente toda a força incluindo habilidades de luta, etc, do corpo de um certo indivíduo. É curioso que, em primeiro momento, a pessoa que tem sua força sugada pela energia não sente o acontecido,[4] [10] só quando pratica algum gesto que exerce força, onde acaba ficando cansada.[12]
  • Esguichador de Aguá: Obtêm toda força contida no Secador de Energia, é semelhante a um revólver que, ao esguichar sua aguá em alguém, a força no Esguichador de Aguá vai para a pessoa que foi molhada.[8]

Técnicas

Bertoldo fantasiado

Bertoldo disfarçado como a cabeleireira ajudante da Bia.

Bertoldo utiliza um desface como ajudante da Bia, assim podendo usar o Secador de Energia na Mônica sem ela perceber, seu disfarce é de uma mulher gorda, de cabelo ruivo, nariz grande com pintas, utilizando batom, jaleco, camisa vermelha, saia preta, meia listrada de cor vermelho e branco, e sapatos azuis.[6]

Aparições

Turma da Mônica (Globo)

  1. Mônica Nº 100 - Mônica 100... forças?! (primeira aparição)

Turma da Mônica (Panini)

  1. Mônica Nº 54 - Outros 500! (cameo)

Notas de rodapé Ajuda

  1. 1,0 1,1 Mônica 1ª Série - Nº 54 - Outros 500!
  2. 2,0 2,1 Mônica Nº 100 (Editora Globo) - Mônica 100... forças?!, Pág. 10 há 12 (quadrinho 1 ao 15)
  3. Mônica Nº 100 (Editora Globo) - Mônica 100... forças?!, Pág. 17 (quadrinho 1)
  4. 4,0 4,1 Mônica Nº 100 (Editora Globo) - Mônica 100... forças?!, Pág. 4 (quadrinho 2 e 3)
  5. 5,0 5,1 Mônica Nº 100 (Editora Globo) - Mônica 100... forças?!, Pág. 10 (quadrinho 2)
  6. 6,0 6,1 Mônica Nº 100 (Editora Globo) - Mônica 100... forças?!, Pág. 9 (quadrinho 1 ao 5)
  7. Mônica Nº 100 (Editora Globo) - Mônica 100... forças?!, Pág. 11 (quadrinho 4)
  8. 8,0 8,1 Mônica Nº 100 (Editora Globo) - Mônica 100... forças?!, Pág. 12 (quadrinho 2 ao 4)
  9. Mônica Nº 100 (Editora Globo) - Mônica 100... forças?!, Pág. 14 e 15 (quadrinho 6 ao 14)
  10. 10,0 10,1 Mônica Nº 100 (Editora Globo) - Mônica 100... forças?!, Pág. 16 (quadrinho 3 ao 7)
  11. 11,0 11,1 Mônica Nº 100 (Editora Globo) - Mônica 100... forças?!, Pág. 17 e 18 (quadrinho 8 ao 9)
  12. Mônica Nº 100 (Editora Globo) - Mônica 100... forças?!, Pág. 6 (quadrinho 5)
Artigo Destacado (Bidu)
Data do Destaque: Junho de 2019
Esta página é um Artigo Destacado. Seu layout e conteúdo é um exemplo de excelência na Wikia.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.