FANDOM


Mônica e Sansão em Titônica
Alto lá, comandante! Parece que o navio Titônica avistou algo diferente...
Este artigo é sobre um personagem, objeto ou lugar que aparece nos Clássicos do Cinema. Portanto, não é algo real ou que exista no universo da Turma da Mônica; só existe apenas nas edições dos Clássicos do Cinema na qual aparece!
História

Batmenino Eternamente Editar

Primeiro confronto Editar

Explosão Batmenino

Após ser contatado pelo Comissário Jota,[1][2] Batmenino dirigiu-se ao Banco Internacional de Guloseimas,[3] onde estava Do Combus, que fez sua comparsa Magali esvaziar o estoque e queria trancar o herói em um cofre.[4] Depois de ser vencido pelos comparsas de Do Combus, foi trancado no cofre,[5] de onde tentou sair usando sua Batbombinha e se protegendo com sua capa, mas sua capa não era a de aço protetora (que estava na lavanderia), o que fez com que sua roupa fosse danificada.[6] Como ele é prevenido, tirou uma roupa de reserva de seu cinto e continuou a procurar Do Combus,[7] até prender-se com uma corda no helicóptero do vilão,[8] porém foi parado pois o helicóptero estava voando muito baixo, o que fez com que o Batmenino batesse de cara em uma placa de Boca-Bola e caindo.[9] Depois de falhar na tentativa de abrir seu Batparaquedas, descobriu que o Batparaquedas estava sendo costurado.[10]

Circo Editar

Batmenino no circo

Como Bruce voltou à sua empresa, onde após ter seu cabelo removido por mais um experimento falho de Franjinha, demitiu-o, o que mais tarde transformaria o cientista no vilão Franjada.[11][12][13] Para escapar de levar uma coelhada convidou Mônica para ir ao circo,[14][15] onde estavam Do Combus e seus comparsas que queriam todas as guloseimas do público, e se a plateia não cedesse os doces o vilão faria-os tomar suco de graviola com aipo. Bruce saiu para se trocar e voltou para o circo, onde salvou Cascóbin de tomar um banho jogando-o um guarda-chuva e encurralou Do Combus com uma de suas armas, que quebrou, o que o fez ser pego. Para vencer Do Combus, o Batmenino gritou "Golducha!", o que fez com que Mônica lançasse seu coelhinho, que atingiu Do Combus pois Batmenino se abaixou. Mesmo após a coelhada, Do Combus fugiu, e após muito pedir, Cascóbin virou ajudante do Batmenino (após uma fase de treinamento cozinhando e limpando).

O Rapto Editar

Após uma troca rápida de roupas para Batmenino e Cascóbin, os dois receberam um comunicado de que Mônica foi raptada. O Batmenino comemorou que não levaria mais coelhadas, antes de ser repreendido por Comissário Jota. Após receber uma charada, Batmenino decidiu dirigir-se ao esconderijo de Franjada e Do Combus. Cascóbin conseguiu o endereço com o Joaquim da padaria e decifrou a charada, então eles partiram. Mesmo depois de pedirem informações para o Joaquim, continuaram perdidos, mas receberam outra charada que indicou o endereço correto. Após uma série de xingamentos à Mônica, a mesma soltou-se sozinha e deu uma coelhada em todos, que fez Franjada perder a memória e Do Combus separar-se. Após deixar claro que Batmenino na verdade queria deixar Mônica presa e afanar seu coelhinho, o mesmo saiu em disparada com Cascóbin fugindo de outra coelhada da moça.

Batmenino e Cascóbin Editar

Roubo de Loucoringa Editar

Batmenino Begins

Batmenino invade o museu

Ao observar uma foto recebida por Comissário Jota,[16] Batmenino analisa a foto e nota uma sigla, "MG",[17] que alguns quadrinhos depois viria a ser revelado que significa "Museu de Gordão City", onde estava o Loucoringa,[18] que estava com a Mônica e queria roubar o Manet.[19] Batmenino entrou quebrando o telhado de vidro e caindo em cima de Mônica.[20] Ele não conseguiu impedir Loucoringa de roubar o quadro, mas salvou Mônica, deixando-a sob os cuidados de Cascóbin,[21] que deveria levá-la para casa, mas bateu com o Batimóvel.[22] Enquanto isso, Batmenino perseguia Loucoringa durante a Parada Anual dos Vilões. Ao conseguir alcançar o vilão, Loucoringa revelou que colocou vários balões cheios de gás de riso de plateia de auditório, e quando ele soltasse, todos iriam fazer aquele "Rá! Rá! Rá!" irritante que só vemos na TV (o famoso "Claque" da televisão, aqueles risos de fundo colocados pela edição). Ao chamar Alfretiti, rapidamente recebeu em sua frente o Batplano, no qual os balões engancharam, mas logo foram soltos, indo em direção à Medrópolis. Ao pousar em Gordão City, o herói avistou o Batimóvel quebrado e Cascóbin deu uma desculpa esfarrapada (sendo que o mesmo havia batido o carro) envolvendo o Loucoringa e contou que o vilão havia levado Mônica para a catedral que parece um castelo.

Menina-Gato Editar

Menina-Gato X Batmenino

Menina-Gato X Batmenino

Batmenino subiu "trocentos (que significa muitos) mil degraus" até chegar no topo, sendo que poderia ter usado o elevador. Ele ordenou que Loucoringa soltasse Mônica, mas o vilão falou que era ele quem dava as cartas, e logo depois pedindo para Batmenino escolher uma carta. A carta tirada foi a carta de origem secreta, revelando a origem do Loucoringa, que diz ter sido criado por culpa do herói, enquanto Batmenino culpa Loucoringa pela sua criação, mas Mônica logo retrucou, dizendo que quem criou os dois foi o Mauricio. Ela foi elogiada por Loucoringa, que aproveitando a distração, fugiu em seu helicóptero com o Manet. Após a fuga do vilão, Batmenino descobriu que Mônica na verdade era filha do Comissário Jota, zombando da garota, o que fez com que ele levasse uma coelhada. Depois de receber uma nova pista do Comissário de que um elemento radioativo foi roubado das indústrias Sheldon, Batmenino saiu para investigar com uma corda, que logo se partiu, causando a queda do morcego. Onde ele caiu, conheceu a Menina-Gato, que até paquerou-o. Ao cair um tijolo oco na cabeça da Menina-Gato, Batmenino encontrou o elemento químico roubado dentro do tal tijolo, mas o objeto logo foi surrupiado novamente pela Menina-Gato, que caiu na rua e foi atropelada (mas não morreu) ao tentar fugir. O herói dirigiu-se ao Zoo, onde estava a Menina-Gato, que estava agitada mas logo se acalmou com um pouco de leite. Logo depois disso chegou Porquin, que estava com vários leitõezinhos com sofisticados mísseis de lama e sujeira que estavam apontados para os institutos de beleza de Gordão City. Batmenino mandou Cascóbin pegar o controle para desarmar os mísseis, o que o ajudante fez, mas quando ele apertou o único botão, os mísseis foram direcionados para os dois, deixando-os sujos.

Observatório Editar

Chegada da Herminha Venenosa

Logo, eles trocaram de roupas e Batmenino recebeu um convite para ir ao Observatório de Gordão City, onde o nano diamante, o menor diamante do mundo, estaria em exposição, e algum vilão poderia tentar roubá-lo. No observatório, apareceu a vilã Herminha Venenosa, que pegou o diamante. O herói ficou distraído com sua beleza, mas logo foi acordado pela chegada da Batmenina. Enquanto uma das plantas carnívoras da vilã levava o diamante, a Batmenina ia atrás da Herminha. Da planta saiu o vilão Bangu para impedir o Batmenino e Cascóbin. Cascóbin usou o Bate-esparadrapo para impedir que Bangu contasse sua origem secreta, mas foi congelado por Mr. Frizugo, que também congelou a Batmenina que tinha acabado de entrar em cena. Após um flashback das origens do Mr. Frizugo, Batmenino foi amarrado pelos feijões saltitantes da Herminha Venenosa, que fugiu com os outros vilões levando o diamante e a Batmenina e Cascóbin. Como os feijões danificaram sua roupa, o herói chamou Alfretiti, que logo providenciou um novo Batimóvel e roupas novas. Logo, Batmenino entrou na estação Bóbi Queine, onde se encontrava o Espantado e o vilão Bangu. Após Bangu distrair o Batmenino zombando de Espantado, os dois entraram no trem, e o o herói seguiu-os. Quando Batmenino entrou no trem, encontrou outro vilão, Nico de Mul, mas chegou o fim da linha e o trem caiu, fazendo com que o herói também caísse, mas Nico fugiu voando.

Enigma resolvido Editar

Invasão domiciliar

A Invasão

Depois disso, Batmenino recebeu a nótícia de que Loucoringa foi preso, e partiu rapidamente para interrogá-lo. Sob ameaça de receber spoilers do Tauó, Loucoringa revelou todo o plano e informou que seus amiguinhos estavam sob os "cuidados" do vilão Do Combus (que tinha se separado e se regenerado, mas foi grudado novamente por Loucoringa) no rio River. Ao chegar lá, o Batmenino bateu em Do Combus com uma luva de boxe e soltou Cascóbin. A Batmenina se soltou sozinha, pois a maresia amoleceu a corda. A heroína deu uma coelhada em Do Combus, nocauteando e facilitando a sua prisão. Alfretiti chegou em um Batimóvel antigo e deu roupas novas em estilo retrô aos heróis, que se dirigiram ao esconderijo. Franjada (que estava por trás de tudo) surpreendeu-se e chamou a Batmenina de "Morcegucha, a morcega gorducha", levando a heroína a nocautear todos, menos Franjada, com coelhadas. Batmenino conta que descobriu tudo por causa da lista de crimes, desvendando a charada, que levava à palavra "Máquina do Tempo". Franjada conta que criou uma máquina do tempo para voltar no tempo e fazer com que o Batmenino não existisse, mas o Batmenino revelou que a culpa de todos terem virado vilões foi do Franjada, o que fez com que os vilões perseguissem o ex-cientista. Da máquina do tempo saíram os pais de Bruce (o Batmenino), que tinham caído em buracos feitos propositalmente por Loucoringa anos atrás, mas o Loucoringa repetiu a façanha, o que enraiveceu o Batmenino, fazendo com que o mesmo perseguisse o vilão. 

Batmenino vs. Super-Home Editar

O começo de tudo Editar

Chegando de um helicóptero, Bruce estaria indo para algum onde foi interrompido quando o General Bod foi lançado em seu helicóptero onde seu veículo aéreo é destruído junto com Alfretiti atingido.

Mônica (esboço antigo dos anos 60) Este artigo é um esboço, e está atualmente em construção...
No momento, esta página está sendo criada ou desenvolvida, você pode ajudar a Turma da Mônica Wiki expandindo-a.

Notas de rodapé Ajuda

  1. Gibizão Nº 1 (Editora Globo) - Batmenino Eternamente, Pág. 3 (quadrinho 1)
  2. Gibizão Nº 1 (Editora Globo) - Batmenino Eternamente, Pág. 4 (quadrinho 1 e 2)
  3. Gibizão Nº 1 (Editora Globo) - Batmenino Eternamente, Pág. 7 (quadrinho 1 ao 3)
  4. Gibizão Nº 1 (Editora Globo) - Batmenino Eternamente, Pág. 8 (quadrinho 1 ao 4)
  5. Gibizão Nº 1 (Editora Globo) - Batmenino Eternamente, Pág. 9 (quadrinho 1 ao 4)
  6. Gibizão Nº 1 (Editora Globo) - Batmenino Eternamente, Pág. 10 (quadrinho 1 ao 8)
  7. Gibizão Nº 1 (Editora Globo) - Batmenino Eternamente, Pág. 11 (quadrinho 1 e 2)
  8. Gibizão Nº 1 (Editora Globo) - Batmenino Eternamente, Pág. 11 (quadrinho 3 e 4)
  9. Gibizão Nº 1 (Editora Globo) - Batmenino Eternamente, Pág. 12 (quadrinho 1 ao 5)
  10. Gibizão Nº 1 (Editora Globo) - Batmenino Eternamente, Pág. 13 (quadrinho 1 ao 3)
  11. Gibizão Nº 1 (Editora Globo) - Batmenino Eternamente, Pág. 14 (quadrinho 1 ao 4)
  12. Gibizão Nº 1 (Editora Globo) - Batmenino Eternamente, Pág. 15 (quadrinho 1 ao 9)
  13. Gibizão Nº 1 (Editora Globo) - Batmenino Eternamente, Pág. 17 (quadrinho 2 ao 4)
  14. Gibizão Nº 1 (Editora Globo) - Batmenino Eternamente, Pág. 16 (quadrinho 5 e 6)
  15. Gibizão Nº 1 (Editora Globo) - Batmenino Eternamente, Pág. 17 (quadrinho 1)
  16. Clássicos do Cinema Nº 34 (Editora Panini) - Batmenino & Cascóbin, Pág. 7 (quadrinho 3)
  17. Clássicos do Cinema Nº 34 (Editora Panini) - Batmenino & Cascóbin, Pág. 7 (quadrinho 7)
  18. Clássicos do Cinema Nº 34 (Editora Panini) - Batmenino & Cascóbin, Pág. 8 (quadrinho 1)
  19. Clássicos do Cinema Nº 34 (Editora Panini) - Batmenino & Cascóbin, Pág. 8 (quadrinho 2 e 3)
  20. Clássicos do Cinema Nº 34 (Editora Panini) - Batmenino & Cascóbin, Pág. 9 (quadrinho 1 e 2)
  21. Clássicos do Cinema Nº 34 (Editora Panini) - Batmenino & Cascóbin, Pág. 10 (quadrinho 1 e 2)
  22. Clássicos do Cinema Nº 34 (Editora Panini) - Batmenino & Cascóbin, Pág. 10 (quadrinho 3)
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.